O QUE ANDO A PUBLICAR

domingo, 30 de junho de 2013

Ocaso


Quase noite.

Espanto-me com a vida que me chega sem que a tenha chamado.

Espero as surpresas que ainda não sei com a certeza que vão chegar.

O meu corpo é a quietude do dia a pousar-me aos beijos.

Nos meus olhos, o retrato fixo da beleza do momento.

Será isto o presente?

Embrulhado, junto ao peito, levo-o ao colo para dentro.

Aqui e agora, neste abraço, só falta o que há-de vir.

Amanhã ou depois saberei o que é.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se gostou deste artigo, ou tem uma palavra a acrescentar, agradeço imenso que deixe o seu comentário.