O QUE ANDO A PUBLICAR

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Mulher (im)possível


Desejo-me sábia e serena
A mulher dos teus sonhos
Com voz fluente de pausas
E olhar firme de certezas
A tocar-te com palavras
Feitas de pele macia
Não serei mais a tempestade
Que irrompe na madrugada
Serei só um corpo em brasa
Um incêndio em teus lençóis
Serei sempre a tua casa
Serás sempre a minha âncora
Juntos seremos heróis 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se gostou deste artigo, ou tem uma palavra a acrescentar, agradeço imenso que deixe o seu comentário.