O QUE ANDO A PUBLICAR

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Getsémani


Onde fica o teu monte das oliveiras?
O teu oratório de agonias e prantos?
O calvário onde morres todos os dias
Antes da diária ressurreição?  

Diz-me, onde fica o teu refúgio sagrado?
Onde o silêncio te habita
No confortável embalo
Do colo invisível que te purifica

Onde aguardas vigilante
O dia mais esperado?
O momento do reencontro
com a verdade da vida?

Diz-me, onde choras e oras?
Rogando que chegue o instante
da harmoniosa eternidade
O ponto de partida para a paz em liberdade

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se gostou deste artigo, ou tem uma palavra a acrescentar, agradeço imenso que deixe o seu comentário.