O QUE ANDO A PUBLICAR

domingo, 21 de julho de 2013

Solidões


Hoje vou contar-te
O que é a solidão

São os silêncios demasiado longos
As vozes de conforto que tardam
Os abraços demorados de chegar

São as horas e os lugares preenchidos de ausência
Pessoas fora do lugar
Que não estão onde deveriam estar

É a busca permanente de uma distracção vaga
Que apenas enche o buraco
Sem nunca ser capaz de o tapar

É ser casado com quatro paredes
Filho de pais sem colo
Órfão de filhos distantes

É o corpo perdido que sente
Toda a mente ausente

É a pergunta que alguém faz
E ninguém responde
É a dúvida suspensa no ar

A solidão
Sou eu

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se gostou deste artigo, ou tem uma palavra a acrescentar, agradeço imenso que deixe o seu comentário.